sexta-feira, novembro 24, 2017

Annie Proulx, Curto Alcance e O segredo de Brokeback Mountain


Quando soube que o filme de Ang Lee, O segredo de Brokeback Moutain (sobre um caubóis brutos que formavam um casal gay que viviam uma história de amor reprimida) era baseado num conto, ainda mais, escrito por uma mulher e que fora anteriormente publicado na Revista New Yorker, fiquei mais que curioso para lê-lo. Cheguei a encontrar o conto longo /ou novelinha numa encardenação pequena com a capa do filme, mas achei caro e não comprei. Mas nunca perdi a curiosidade.  


Então comprei meu Kindle, e dei de cara com a narrativa homônima de Annie Proulx. Depois de caçar uma versão compatível, botei no Kindle e li inteiro numa vinda de trem de São Paulo para Mauá, na terça. E fiquei chocado com a absoluta fidelidade do conto original (inclusive a fala e o desfecho) com o filme. Achei simplesmente inacreditável que uma mulher pudessa pôr em pouco menos de 50 páginas todo o filme e mergulhar tão profundamente na psicologia e angústias desses dois personagens. E ao ler, fiquei infinitamente mais emocionado que ao assistir ao filme, embora a leitura se retroalimentasse com minha memória do drama de Ang Lee. 


 Sabia, contudo, que este era um conto que integrava uma antologia. Fiz uma pesquisa enorme no Google e descobri que ele estava inserido num livro de 333 páginas. Por mais que procurasse, não consegui encontrar um exemplar eletrônico, nem em espanhol ou inglês. A versão em português não saiu em ebook. Mas fisgado pelo estilo direto, incisivo e ainda assim emocional de Annie Proulx, baixei hoje na biblioteca Mário de Andrade e para minha surpresa estava lá o livro que traz um total de onze contos. Sou apaixonado por contos, meu gênero/estrutura predileta, principalmente, por que sou ansioso demais para suportar romances muito longos, e por que é o gênero/forma que pratico. Li "Num lamaçal" e resolvi que preciso ter este livro. Antes de ir à Mário, tinha passado num sebo, e nada. Numa pesquisa rápida no Buscapé, descobri (hoje é a famigerada Black Friday) o livro por inacreditáveis R$ 7,18, além do primeiro livro de contos de Annie Proulx, Canções do Coração e outros contos, por R$ 11,20. Não pensei duas vezes, por R$ 30,00 (contando o valor do frete), em breve estarão aqui. 


Voltei a me apaixonar por literatura. A descoberta de um autor novo é sempre uma felicidade. Contista com ritmo e estilo próprio, então, uma maravilha! Recentemente, foram Alejandra Laurencich e a nobel Alice Munro. Estilos singulares e precisos, me animam a escrever e acreditar na literatura. 

Nenhum comentário: