segunda-feira, setembro 18, 2017

Quanto mais quente melhor, de Billy Wilder


Assistido em parte com Gabriel. Sempre bom rever Marylin.

Nenhum comentário: