segunda-feira, julho 16, 2018

Felipe Hirsch sobre leitura

Glamurama: O filme explora muito o universo dos livros em um momento em que eles estão desaparecendo…
Felipe Hirsch:
 

“Estive na última edição da feira do livro de Frankfurt e a percepção foi de que se vendeu mais direitos autorais do que livros. É uma despedida lenta do papel. Difícil de aceitar, mas as pessoas têm cada vez menos intimidade com leituras mais profundas. A gente tem uma ideia de que ler tá ligado a questão de ser alfabetizado mas é mais complexo. O que sempre digo quando me chamam para fazer um workshop ou palestra é: ‘você sabe ler?’ Ler tem a ver com seu repertório, sua profundidade, com a capacidade de analisar e de criar. Ler é uma atitude crítica e ao mesmo tempo prazerosa, já que é onde as coisas continuam em você. Por isso às vezes você vê um filme ou lê um livro que a principio são difíceis de compreender, mas eles continuam com você para sempre.”


Fonte Aqui

Nenhum comentário: