quarta-feira, junho 14, 2017

Pequeno Tratado das Grandes Virtudes, de André Comte-Sponville



01. Polidez
02. Fidelidade
03. A prudência
04. A temperança
05. A coragem
06. A justiça
07. A generosidade
08. A compaixão
09. A misericórdia
10. A gratidão
11. A humildade
12. A simplicidade
13. A tolerância
14. A pureza
15. A doçura
16. A boa-fé
17. O humor
18. O amor

Ed. Martins Fontes, São Paulo, 1999.
Tradução de Eduardo Brandão


[Uma beleza de livro, que disserta longamente sobre cada uma das virtudes selecionadas por André Comte-Sponville. Às vezes a linguagem poética soa obscura e palavrosa, mas as reflexões são boas, e traz para gente, em tempo de absoluta degradação moral e ética uma reflexão sobre valores/virtudes universais, apreciáveis, mas que perdem sempre espaço para os pecados, os sete, e todos os outros].

Nenhum comentário: