terça-feira, setembro 27, 2016

A reunificação das duas Coreias, de Joel Pommerat


Fui ao teatro com Gabriel, Cinha e Maristela, assistir a esta peça do francês Joel Pommerat, A reunificação das duas Coreias. Esperava a mesma densidade de Esta criança, outra peça do autor. Mas diferente da outra, a peça se desenvolve em sketes, bem humoristicos, e a maioria superficial. O elenco carioca, no carioquês tradicional, fez tudo parecer programa humorístico da rede Globo. Foi divertido, embora canse depois de um certo tempo, mas valeu.

Nenhum comentário: