quinta-feira, setembro 15, 2016

Depois do prazer



DEPOIS DO PRAZER

Tô fazendo amor com outra pessoa
Mas meu coração, vai ser pra sempre teu
O que o corpo faz a alma perdoa
Tanta solidão, quase me enlouqueceu

Vou falar que é amor
Vou jurar que é paixão
E dizer o que eu sinto com todo carinho
Pensando em você
Vou fazer o que for e com toda emoção
A verdade é que eu minto, que eu vivo sozinho
Não sei te esquecer

E depois acabou, ilusão que eu criei
Emoção foi embora e a gente só pede pro tempo correr
Já não sei quem me amou
Que será que eu falei?
Dá pra ver nessa hora que o amor só se mede
Depois do prazer


Fica dentro do meu peito
Sempre uma saudade
Só pensando no teu jeito
Eu amo de verdade
E quando desejo vem
É teu nome que eu chamo
Posso até gostar de alguém
Mas é você que eu amo

Vou falar que é amor
Vou jurar que é paixão
E dizer o que eu sinto com todo carinho
Pensando em você
Vou fazer o que for e com toda emoção
A verdade é que eu minto, que eu vivo sozinho
Não sei te esquecer
E depois acabou, ilusão que eu criei
Emoção foi embora e a gente só pede pro tempo correr
Já não sei quem me amou Que será que eu falei?
Dá pra ver nessa hora que o amor só se mede
Depois do prazer

[Hoje, no mercado Baronesa, no Zaíra, estava comprando batata e outros legumes quando essa música toca nos altofalantes do mercado. E eu que nunca tinha escutado direito essa música, ou reparado na letra, descubro que ela é realmente bonita e diz muito do que se sente no fim de um amor.]

Nenhum comentário: