terça-feira, julho 19, 2016

Pedro e Gabriel cá em casa.


Como não amar absolutamente alguém que você conheceu no primeiro dia de vida. Meu sobrinho Pedro é meu amor incondicional. Precisaram passar 12 anos para ele poder finalmente vir aqui se hospedar na minha casa. Ele estava cheio de espectativa. Veio num uber de Santo André junto com Gabriel até aqui em casa. Comemos no Rong he da Liberdade - Gustavo estava aqui e nos acompanhou - e foi ótimo. Dia seguinte fizemos longo passeio pela 25 de março, Mercadão Municipal e acabamos no castelinho/Catavento onde tirei essas fotos. De lá fomos para Sé/Liberdade a pé, almoçamos e vimos um incrível desfile de comemorações do Ano do Macaco. Fomos comprar mochila, camiseta e cards pokemon de presente, e voltamos para casa. Gás acabou quando fazíamos arroz, mas improvisei microondas e os guiosas que comprei. Passei a manha de domingo assistindo com ele e Gabriel a série da Netflix e cortando figurinhas do pokemon que imprimi em papel fotográfico, depois de mil tentativas para acertar o formato. Pense em alguém feliz. Por fim, fomos a Avenida Paulista andar, ver mímicos, foodtruck e comer no Burger King com os tickets de desconto que ele trouxe para nós. Pegamos o metro, o trem e um táxi que o deixou em casa, depois de aguentar pacientemente meu esforço para comprar outro celular e cadastra-lo na Vivo. E foi uns dias ótimos, com ele e Gabriel.










Nenhum comentário: