segunda-feira, janeiro 18, 2016

Best of enimies, documentário de Robert Gordon e Morgan Neville


Gosto de assistir a documentários. Me interessam a técnica, a montagem, o ritmo, para além mesmo do assunto. Este por exemplo, mal conhecia os "personagens", mas gostei da premissa. Dois aristocratas americanos , um hiper conservador (William F Buckley Jr.) e um liberal moderado (o escritor Gore Vidal) num debate de televisão sobre política, guerra e comportamento. Todos os tabus norteamericanos, a luta de classe, o racismo, a mulher, a homossexualidade: o públicos e o privado em choque com uma sociedade repressora e intolerante. Ambos a cara da América. O filme trata de inimigos, de rancores, de ressentimento, de tabus, e é muito reveladora de um modo de ser e pensar dos americanos. A linguagem é dinâmica, toda aquela eficiência americana em agudizar tensões e converter em narrativo o que poderia passar por informação crua. Mais que um filme de personalidade contrastante, um filme de personagens.


Nenhum comentário: