segunda-feira, dezembro 07, 2015

Domingo

Mauro aqui ajudando a regular desde ontem o steadycam. Revi a mãe do Airton, que esteve aqui hoje visitando-o. Cheguei ao pedaços no Zaíra. Pedro lindão, bebê feliz por me ver. Cai no sono. Depois esperei Elaine, recolhemos velhas caixas, despachei roupas e viemos conversando no carro sobre o eterno drama de emagrecer, da mãe, dos familiares. . 

Depois de três anos, trouxe hoje quatro caixas com livros que estava em casa. E o Big, carrocho meu que ficou da mãe e que torna a ser meu, já que ela não pode mais cuidar dele. Esta velho, meio cego, perdeu os dentes, macérrimo, o corpo com feridas, e com uma perna traseira paralisada. Está aqui agora do meu lado, não sei se feliz com o espaço exíguo do apartamento, sem vista para o que não seja parede. E a vida segue. 

Nenhum comentário: