segunda-feira, novembro 09, 2015

Com Susana, Mauro, família

Hoje, café com Susana no CCBB, pela primeira vez conhecendo o Mauro. Chocolate, café, risos. Finalmente, transfiro os filmes para sua hd enquanto falamos de carros, precarização do ensino público, Chalita, concursos fraudados, e um documentário sobre Guimarães Rosa na Alemanha. No mais, meus defeitos e alguma pouca virtude, viram tema de conversa entre ela e Mauro. Almoço não planejado naquele restaurante enorme da Liberdade onde um japa toca Soul. Comida fantástica. E nos despedimos no metrô. Mauro fica no Ipiranga, e eu tomo por destino Mauá. Levo o computador arrumado para Sérgio, encontro Pedro felizão com amigo Fernando, jogando videogame. Vittorino falando as primeiras palavras, sendo a sua predileta "não". Mas não carece de domínio de linguagem para entender abasolutamente tudo que falamos. Caio no sono, pois sempre caio no sono quando estou em Mauá. Janto omelete com Lê e Sérgio, mostro a estátua do homem de ferro. E volto para casa, conversando pelo whattsapp com Gabriel no celular. Desemboco na Santa Efigênia, apresento o Cromecast para o Airton, documentários sobre IndieGames. Sou presenteado com melancia, assumo o compromisso de levar sua grana para o pagamento do aluguel. Mostro-lhe meu fracasso na construção do molde. E sento para escrever na internet. Amanhã milhões de aulas. 

Nenhum comentário: