quinta-feira, agosto 06, 2015

Laerte, sempre agudo


Cartum indo fundo numa análise, com muito pouco.

Nenhum comentário: