sábado, abril 04, 2015

Sobre a fotografia, de Susan Sontag



Sobre a fotografia, ensaios de Susan Sontag. Foram quatro dias de leitura meio solta, mas em sequência, algo que tenho praticado raramente, já que prefiro ler tudo aos saltos ou de trás para frente. Obra-prima de perspicácia analítica. Estudo ímpar sobre o poder e a significação da Fotografia para história da humanidade, para as Artes, para percepção de realidade, para construção da sociedade do consumo e do espetáculo na qual vivemos. Susan esmiúça, explica e aprofunda o que está para além do aparato, do clique, do gesto, da intensão do fotógrafo e da imagem. O que se esconde no ato de fotografar, naquilo que se permitiu capturar, naquilo imperscrutável que a imagem se nega a revelar, impressão última do próprio e inescapável tempo. Reflexões para fotógrafos e para cabeçudos em geral. Além de tudo, uma aula sobre a ideologia que também este meio (de registro e controle), esta arte (sempre questionada) reproduz e revela.


Nenhum comentário: