segunda-feira, fevereiro 23, 2015

Uma foto, com amor, para Gustavo


Sentei e fiz esse p&b de uma foto que tirei do Gustavo no Rio, pouco antes dele embarcar para nova vida em Madri. Gosto deste poder do p&b de imortalizar poeticamente. E neste caso, queria a imagem dele recuada do fundo, o corpo como esculpido em mármore, mas preservando aquele silêncio, tão particular, que por vezes ele se põe. Queria-o assim, todo clássico, nada prosaico, num p&b sem saudosismo. Um busto, sem a rigidez dos bustos, e ainda assim, clara forma de preserva-lo. A homenagem de um dia em que fomos ver Dali, ali, no CCBB. Uma foto que fosse em seu silêncio, também uma declaração de amor. 

Nenhum comentário: