quarta-feira, setembro 10, 2014

Imagem e reflexão ou Efeito zapping


"Para interagirmos com o mundo de hoje é necessário que desenvolvamos uma série de capacitações técnicas e cognitivas. O próprio olhar deve ser reaprendido, pois, como bem notou Debord, vivemos na sociedade do espetáculo. As mídias eletrônicas (televisão, cinema e internet) instauraram a era da imagem. As interações entre as pessoas e entre elas e o mundo passa pela relação com o imagético. Tudo é produzido para ser visto, mas não para ser contemplado. As imagens que nos são oferecidas por essas mídias não nos exigem reflexão, vêm prontas e digeridas, passando por nós em questão de segundos, pois que “o espetáculo consiste na própria seqüência, cada vez mais vertiginosa, de imagens”. 

in Diligências num caleidoscópio, com Luiz Ruffato, de Samantha Simões Braga.


Nenhum comentário: