sábado, junho 21, 2014

No limite do amanhã



Ansioso para ver este filme no cinema. Adoro ficção científica. Adoro jogos temporais. No limite do amanhã (Live. Die. Repeat). Ficção científica excelente. O feitiço do tempo em tempos de guerra. Trama muito bem construída, efeitos ótimos e efeitos que prendem. Tom Cruise está na fase da ficção científica e faz isso muito bem. Emily Blunt convence como guerreira. Cruise é um soldado recalcitante que vive num looping desde que matou um alienígena que invadiu a terra. Vive continuamente o mesmo dia. Como num video game, cada vez que morre volta ao start, ao ponto de partida, aprendendo cada vez mais até alcançar o objetivo, salvar a humanidade. Patriotada boba, mas trama bem engendrada. Vale. Vi hoje, 21.6.2014, com Gabriel, no Cine Marabá, aqui perto de casa. Foi ótimo.

Nenhum comentário: