domingo, junho 08, 2014

Grand Hotel Budapest, de Wes Anderson


Grand Hotel Budapest. Não tenho nenhuma dúvida de afirmar que é a obra prima de Wes Anderson. Cada cena, cada frame, cada movimento descortina um universo fantástico para nos levar ao absoluto encantamento. Uma fábula recheada de TODOS os atores-fetiche de Wes Anderson, que parecem atuar com uma felicidade enorme, cientes de que estão fazendo uma obra de arte. Tão lindo, exuberante, divertido, comovente, que é um pecado não recomenda-lo. Exige contemplação. Contemplem.



Nenhum comentário: