sexta-feira, abril 04, 2014

Exposição do David Bowie no MIS


Fui ontem com Jorginho e Flávia. Nenhuma fila. Chegamos e entramos. Na entrada, nos dão fone de ouvido que aciona canção ou conteúdo de um monitor, automaticamente, bastando nos aproximarmos da sala ou do monitor. Uma experiencia sensorial. Fios de luz no chão, entrecortando-o. A ideia de imersão num espaço que revela toda dimensão de um artista complexo, multifacetado. Os figurinos como expressão de ideias, como arte. Vídeos, quadros, desenhos, projeções, roupas, iluminação. 


Sobre David Bowie: um cantor e compositor extraordinário, um performer, um ótimo ator (de teatro e cinema), um domínio completo do show bizz. Pop com conteúdo. Experimental até o talo. Ousadia a cada segundo. Sexualidade (ambiguidade sexual) como questionamento do mundo e da realidade. Arte e tecnologia. Parcerias inusitadas, fiéis, grande capacidade de troca criativa, honestidade nas parcerias. Grandeza. Chupa Lady Gaga.
  










Nenhum comentário: