sexta-feira, abril 04, 2014

A jovem rainha Vitória


A jovem rainha Vitória. Emily Blunt não existe de tanta beleza e carisma. .Sabe aquele filme de encher os olhos? de produzir encantamento? Isso: pela beleza das imagens, dos cenários, da boa interpretação dos atores, do "fator" filme de época, da pseudo referência histórica que legitima a narrativa, mas que elide o real em troca de um ideal romântico. A direção de arte primorosa faz que um filme dirigido de modo convencional, mas com boas transições e um dinamismo incomum para um filme de época, torna tudo apaixonante. E nesses dias de tensão, a beleza é tudo que ando precisando.  Vejam. 

Nenhum comentário: