quinta-feira, fevereiro 13, 2014

Ana Moura, Desfado (2012)


Minha trilha em Portugal. O Alê tinha me mostrado no Rio, assim como o João. Mas ao chegar no Porto, Cristina pôs no carro e este cd se converteu no som de fundo da viagem. 

Apaixonado pela letra paradoxal e sagaz de "Desfado", mais ainda pelo fado-canção "Amor afoito". A voz divina de Ana Moura, suavizando e dando delicadeza ao fado, sem no entanto fazer com que este perca a dramaticidade. 

Cd disponivel AQUI.

Nenhum comentário: