sábado, janeiro 18, 2014

Nossa cidade, de Antunes Filho



Cecile tinha convite e me convidou. Desci às pressas ao Sesc Consolação para assistir a este que é o pior espetáculo que já assisti do grupo  de Antunes Filho. Ok que lance um olhar irônico sobre a formação dos Estados Unidos, protestantismo e capitalismo no seio familiar à lá Mallick etc. Mas a peça é simplesmente um porre. Um infinito tédio. A ponto de irritar tanto com o pieguismo que é quase impossível não cair na gargalhada por assistir uma peça tão absolutamente irritante e tediosa. O que me impressiona é que há tanta coisa acontecendo no Brasil atualmente e há tantos autores interessantes a se encenar que este espetáculo surge como o elogio ao banal.

Nenhum comentário: