quarta-feira, outubro 30, 2013

Geografia poética


O destino de São Paulo, assinalado pelo curso profético do Tietê, é o de se mover para além de si mesma. Desde suas origens, a comunidade existe como um fluir contínuo, uma área de transição, um lugar de onde se parte, um ponto de fuga.

Fernando de Mello Franco



Roubado do Facebook do Daniel.

Nenhum comentário: