segunda-feira, setembro 03, 2012

Considerações eduardianas

Ontem na Acchiropita com Airton, Lucas, Marcos e Rose.
Hoje almoçando na Paulista com Conrado, Mariana e amiga.
Agora, parado aqui relendo projetos de orientações possíveis,
pensando nas potenciais ações para amanhã:

- e os ensaios literários desentranhando-se como ideia e forma;
- e consultas, agendamento (maior empenho para alinhar os dentes a fim de parar de rir atravessado para vida);
- e reativação de amizades em meios virtuais para garantir encontros presentes;
- e que pensar do malogro de relacionamento que acabou sem começar?
- e quando buscar o passaporte antes de ter vencido o prazo, em Santo André?
- e a vacilação sobre a empreitada pesada de dirigir um curta homenagem ao Nelson Rodrigues;
- e o desejo de tocar o projeto de microdocumentários  com o Soul Art;
- filmes a ver a valer
- chegam quando meus livros lindos da cosac
- e a cama bau?
- e o tapete grande para arregimentar amigos para projetos
- e quem vem me acudir na limpeza dessa casa empoeirada
- e essa porta sanfonada que não cai do céu?
- uma estante enorme para conter tudo num canto dessa parede ou viagem para Europa no fim do ano?
- preciso botar nessa Mac enjeitadinho o Final Cut para poder amá-lo sem desavenças;
- ando muito palavroso e excitado nesses dias. Coisa de lua cheia para o recém inaugurado velho lobo?

Nenhum comentário: