sexta-feira, abril 15, 2011

Dos que se matam (plágio)



Eu não entendo realmente os que se matam.
A vida, para mim, de tão extraordinária 
que é 
o tempo todo.

A vida chega a doer.

2 comentários:

Kelly Christi disse...

concordo. mas a vida tbm é de enlouquecer, não só de doer...rs

Cleyton Cabral disse...

Há os que desistem por não suportar a dor.

P.S: Leve a câmera quando me encontarr para fazermos umas fotos. abs